• religar

A felicidade não cai do Céu

Atualizado: Mar 7





Não há como conquistar felicidade sem vontade e ação, mas o resultado sempre dependerá da sabedoria que antecede esses dois itens. Daí, simplesmente, a toda causa corresponderá um efeito, concreto ou abstrato. São as escolhas de cada um.


O jogo da vida


Novamente perguntamos se você já parou para pensar no jogo da vida, aquele que reserva ao vencedor um prêmio conhecido como felicidade?

Em capítulo anterior falamos dele, deste mosaico de notas desafinadas que formam nosso mundo emocional e dos passos necessários para aprender a jogá-lo de forma mais eficiente, a saber: vontade, liberdade, responsabilidade, verdade, honestidade e ação.

– A vontade é representada pelo desejo verdadeiro de mudança interior.

– A liberdade é a nossa possibilidade de fazer escolhas.

– Por responsabilidade entendemos a administração adequada de nossos conflitos, sem o uso distraído e contínuo de nossos defeitos para isso.

– A verdade é constituída pelo próprio caminho em si, fazendo do resto uma mera consequência.

– A honestidade, naturalmente, passa pela coragem de sabermos quem somos de fato.

– E a ação é a busca do caminho, saindo da fantasia que a felicidade virá de fora para dentro.


As três chaves da felicidade


Se pudermos dar um passo adiante e resumir a estratégia desse jogo que promove a magia da vida, deduzimos que são três as chaves da felicidade:

– Sabedoria (onde estão contidas a liberdade, a verdade, a responsabilidade e a honestidade)

– Vontade

– Atividade/ação

Não há como conquistar felicidade sem vontade e ação, mas o resultado sempre dependerá da sabedoria que as antecede. Daí, simplesmente a toda causa corresponderá um efeito, abstrato ou concreto. São as escolhas de cada um.

Ser feliz parece mesmo um encantamento mágico, que poucos compreendem e usufruem. As chaves, tanto da felicidade como da magia, parecem ser as mesmas.


A simples magia da felicidade


Se pensarmos nisso, poderíamos dizer que o que os cientistas de hoje chamam, por exemplo, de movimentos quânticos, nada mais são que as velhas magias, aquelas que lemos nos livros da antiguidade. Feitos grandiosos, como curas, por exemplo, eram tidos como coisas mágicas apenas por conta dos olhares espantados e da ignorância dos homens da época.

Magia nada mais é que o movimento produzido pela vontade do pensamento capaz de ocasionar uma modificação.

Ora, partindo do princípio que muitos dos conteúdos desgastantes de nosso mundo interior, aqueles que nos causam dores emocionais, como temperamento, defeitos ou personalidade, são consequências cognitivas, isto é, do pensamento, e não coisas meramente sentimentais, como a maioria pensa, estamos trabalhando todo o tempo com nosso mental.

Somos, basicamente, o que pensamos. E a modificação do indivíduo depende desse entendimento.


Sabedoria


Voltando à primeira chave para buscarmos a felicidade, que é a sabedoria, precisamos lembrar que é ela que determina a qualidade ou tipo de modificação que será efetuada. Isto é, não adianta termos conhecimento se não transformamos as informações em sabedoria.

Por exemplo, sabemos dos perigos de escalar uma montanha gelada, pois lemos livros a respeito e assistimos um sem número de documentários. Enchemo-nos de coragem e partimos para a aventura. Mas, se não contarmos com o apoio de quem já sabe escalar, boa estrutura e treinamento adequado, a chance de dar tudo errado é grande. Podemos morrer tentando a façanha. Isto é, informação sem sabedoria que a transforma numa meta lícita e adequada, de nada vale.


Vontade


Da mesma maneira, também nada adiantaria termos todos os itens necessários e ficarmos apenas fantasiando que um dia vamos escalar montanhas. Obviamente, não sairemos do lugar e ficaremos a vida toda nos remoendo dentro dos sonhos não realizados. A vontade imprime na energia mental o efeito que se deseja para que a atividade o realize em algum momento.


Atividade/ação


Por fim, mesmo que nos empanturremos de vontade, mas, acomodados e preguiçosos, nos contentemos apenas com os sonhos de felicidade, eles nunca sairão do papel, como se costuma dizer. A atividade se faz necessária para colocar essa energia em movimento.

Na magia falamos em árvore da vida, onde nossos desejos geram uma ação que seria seu fruto, para o bem ou para o mal. Sim, porque a magia, contrariando o que a maioria pensa, pode ser feita para o bem. Como, por exemplo, a mãe que reza pelo filho doente, mesmo que ele não esteja presente ou o amigo que, através de uma ação amorosa, disponibiliza tranquilidade para outro amigo necessitado, mesmo à distância.


Magias não caem do céu


Aqui, falamos no jogo da vida, mas não deixa de ser a mesma coisa. Nosso sofrimento é consequência do descompasso entre uma falsa sabedoria, uma vontade fraca e uma inércia preguiçosa, acomodada dentro da dor conhecida e que vem sendo administrada através do tempo.

Como se vê, nem mesmo os grandes magos podem ficar esperando a magia cair do céu. Muito menos nós quando pensamos em nosso bem-estar ou em nossa paz, pois, da mesma forma que a magia, a felicidade pode, não só ser construída, como também disponibilizada para os outros a partir de nossa própria modificação e sabedoria, quando então nos transformamos em agentes de modificação do universo.

Então? Qual é a sua disposição? Transformar-se ou passar a vida sofrendo?


Conclusões:


– Os passos para se aprender as estratégias do jogo da vida seriam: vontade, que é o desejo de mudança; liberdade, que são nossas escolhas; responsabilidade, que é a identificação de nossos defeitos; verdade, que é a descoberta do melhor caminho; honestidade, de saber quem somos e ação, que é a busca ativa e definitiva do objetivo.

– As três chaves para a felicidade seriam: sabedoria, que é adequar a informação; vontade, para superar os sonhos e fantasias e ação, para sair da inércia preguiçosa.


Doutor de Mim

Maria Teodora Ribeiro Guimarães



Ganhe 15% de desconto na compra deste livro, usando o cupom:

1910-30HE-6LE7-HOCC

(o desconto só irá aparecer no fechamento do pedido, onde existe o campo para inserir o código de desconto acima).

78 visualizações